Bahia – Samba de Roda do Recôncavo Baiano

Facebook
instagram

Fonte: Iphan

UNESCO – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura
Nome Atribuído: Samba de Roda do Recôncavo Baiano
Inscrito na Lista Representativa do Patrimônio Imaterial da Humanidade em 2008.
Descrição: O Samba de Roda é um acontecimento popular festivo que combina música, dança e poesia. Surgiu no século XVII, na região do Recôncavo no Estado da Bahia, e vem das danças e tradições culturais dos escravos africanos da região. Além disso, contém elementos da cultura portuguesa, como a língua, a poesia e alguns instrumentos musicais.
No princípio, era o principal componente da cultura regional popular entre os brasileiros de origem africana, mas logo o Samba de Roda foi adotado pelos migrantes procedentes do Rio de Janeiro e influenciou a evolução do samba urbano, que se converteu em símbolo da identidade nacional brasileira no século XX.
A dança congrega pessoas em ocasiões específicas, como as festas católicas populares e os cultos afro-brasileiros, mas às vezes também surge de forma espontânea. Todos os presentes, incluindo os principiantes, são convidados a participar da dança e a aprender por observação e imitação.
Uma das características desse samba é que os participantes se reúnem em um círculo chamado roda. Geralmente, apenas as mulheres dançam. Uma por uma, elas vão se colocando no centro do círculo formado pelos outros dançarinos, que cantam e batem palmas ao seu redor. Essa coreografia frequentemente improvisada se baseia nos movimentos dos pés, das pernas e dos quadris.
Um dos movimentos mais característicos é a famosa umbigada (movimento de umbigo), de origem banto, pelo qual a dançarina convida quem vai sucedê-la no centro do círculo. Existem outros detalhes específicos, como canções típicas, o passo de dança chamado miudinho, a utilização de instrumentos raspados e a viola machete, um tipo de viola pequena, originária de Portugal, e canções.
A influência dos meios de comunicação de massa e a competição com a música popular contemporânea contribuíram para que este Samba fosse desvalorizado aos olhos dos jovens. A idade dos praticantes e a redução do número de artesãos capazes de confeccionar alguns dos instrumentos impuseram mais uma ameaça à transmissão dessa tradição.
Fonte: Unesco.

IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
Nome Atribuído: Samba de Roda do Recôncavo Baiano
Localização: Estado da Bahia
Abrangência: Estadual
Livro de Registro de Forma de Expressão: Inscr. nº 3, de 10/05/2004
Descrição: É uma expressão musical, coreográfica, poética e festiva das mais importantes e significativas da cultura brasileira. Exerceu influência no samba carioca e até hoje é uma das referências do samba nacional. O Samba de Roda no Recôncavo Baiano foi inscrito do Livro de Registro das Formas de Expressão, em 2004.
Fonte: Iphan.

FOTOS:

VÍDEO:

Fonte: Iphan

MAIS INFORMAÇÕES:
UNESCO
Dossie -Iphan
Iphan

Deixe um Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *