Salvador – Casa R. Carlos Gomes, nº 57

Facebook
instagram

Imagem: Google Street View

IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
Nome atribuído: Casa à Rua Carlos Gomes, nº 57
Outros Nomes: Palácio Saldanha; Solar do Saldanha
Cidade:
Salvador-BA
Número do Processo: 114-T
Livro do Tombo Belas Artes: Nº inscr. 183, de 18/07/1938
Descrição: Em meados do século XVIII, um benfeitor doa à Companhia de Jesus este sobrado para a implantação de suas atividades. Informações de 1760 já se referem a este edifício como a Antiga Casa de Oração do Jesuítas. Após a expulsão da Ordem, em 1759, o edifício é vendido a particulares. Sobrado urbano distribuído em dois pavimentos mais sótão e porão, localiza-se na área central da cidade, sendo sua vizinhança formada por altos edifícios comerciais que comprometem sua ambiência. Sua planta apresenta nos dois pavimentos, corredor central para onde se abrem os cômodos. Da primitiva construção, alterada pelas reformas, restam a caixa externa e dois salões com tetos apainelados em forma de gamela. Em 1886, o prédio sofreu obras de restauração, sendo desta época as janelas do oitão direito, abertas em consequência de ter o proprietário demolido a casa vizinha e transformado o terreno em jardim. Na sua fachada, destaca-se a portada de acesso, em arenito, datada de 1696, similar a outras de importantes edifícios, neste período. Flanqueando esta portada, as janelas à maneira veneziana são do final dos oitocentos ou início do século XX. As envazaduras do pavimento nobre, são janelas rasgadas com balcões individualizados.
Uso Atual: Centro Cultural Caixa Econômica Federal
Fonte: Iphan.

FOTOS:

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *